Veneziano admite abrir vaga para Ney, mas nega ter feito acordo: “É justo ele assumir”

Em Campina Grande, na manhã de hoje, o senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) admitiu que pode se licenciar do cargo para abrir vaga para o primeiro suplente, o empresário Ney Suassuna. Vené esteve na solenidade em que o governador João Azevedo anuncia a Operação São João na Rainha da Borborema e comentou as declarações de Ney que revelou existir um compromisso desde a campanha para assumir o Senado.

Na entrevista, Veneziano foi perguntado sobre o assunto disse que reconhecia a participação de Ney e de outros amigos na eleição para o Senado. “Não há nenhuma intranquilidade. Já abri vaga enquanto deputado federal para o companheiro André Amaral, primeiro suplente. É muito justo que Ney tenha a oportunidade de voltar ao Senado, mas não conversamos sobre isso. Ney sabe com quem está tratando e minha postura é de saber reconhecer o papel de cada um. Ao seu tempo, o senador vai assumir por ser justo e não por sua participação na campanha”.

Comentários