Unidade de Saúde de CG beneficia mais de 3 mil pessoas

“Um compromisso assumido e cumprido com o cidadão campinense”, assim a secretária municipal de Saúde, Tatiana Medeiros, definiu a entrega, na manhã desta quarta-feira, 21, da UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) Ressurreição, localizada na rua Iara Cordeiro da Rocha, feita por ela e pelo prefeito Veneziano Vital do Rêgo. A unidade de saúde funcionava em um imóvel localizado na mesma rua e teve que mudar porque o proprietário decidiu pelo fim do contrato. Dentro de exatamente dois meses, com a ajuda da própria população da Ressurreição, a Secretaria Municipal de Saúde alugou outro imóvel, reformou dentro dos padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde e entregou à população do bairro.

Mais de três mil moradores do Conjunto Ressurreição, serão beneficiados com a nova unidade de saúde. De acordo com a Secretaria de Saúde de Campina Grande, para conclusão das obras de reforma foram investidos cerca de R$ 40 mil.

Um imóvel, que de acordo com o diretor de Atenção à Saúde, Márcio Rocha, será provisória porque no próximo ano a UBSF Ressurreição, assim como tantas outras entregues neste ano, também vai passar a funcionar em uma unidade própria. O médico relembrou que, antes da administração do prefeito Veneziano, os moradores do bairro não dispunham de uma unidade de saúde e ele atuava como voluntário, oferecendo atendimentos na associação do bairro e na igreja. “Era assim que se tratava a saúde em Campina Grande”, disse o médico, que voltou a atender na unidade de saúde, mas em condições diferentes.

“Esta é uma demonstração de que a saúde do município pode ser dividida em antes e depois de Veneziano, não só na quantidade de equipes, mas na estrutura física das unidades”, complementou Márcio Rocha, citando que em dez anos de Saúde da Família, apenas 50 equipes tinham sido implantadas em Campina Grande. De 2005 até hoje, o prefeito implantou 44 novas equipes, além de restaurar a dignidade do servidor, através de concursos públicos que dão estabilidade e a certeza do futuro.

Para Tatiana Medeiros, a participação dos moradores do bairro foi fundamental para que a UBSF Ressurreição ganhasse uma nova unidade de saúde. “Não se faz gestão sem a participação da população”, disse a secretária de Saúde, agradecendo ao trabalho de toda a equipe da pasta. O prefeito Veneziano falou sobre as metas para o primeiro semestre de 2012, com a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e o Hospital Municipal da Criança e do Adolescente, que beneficiará pelo menos 127 mil crianças do município.

Veneziano também fez um balanço dos avanços da saúde em 2011, destacando, entre outros, o PCCV (Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos) dos servidores e a reestruturação do Saúde da Família, com a entrega, somente neste segundo semestre, de 11 unidades reformadas, ampliadas ou construídas.

A Prefeitura campinense manterá na UBSF, equipes do Programa Saúde da Família e de Saúde Bucal. Entre os atendimentos oferecidos às famílias estarão as consultas médicas e de enfermagem, além de programas como HiperDia, Pré-Natal, Saúde da Mulher, da Criança, do Adolescente e do Idoso, Tuberculose e Hanseníase, pré-natal, curativos, nebulização e imunização, entre outros.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.