União dos Caminhoneiros afirma que pode fazer nova greve contra aumento do preço do diesel

A União dos Caminhoneiros do Brasil (UDC) divulgou nota em que afirma que haverá paralisação a partir do dia 9 de setembro em todo o país contra o aumento no preço do diesel, ajustado pelo Governo Federal neste começo do mês. Segundo a entidade, o governo não cumpriu o acordo sobre o valor combustível e aumentou o custo em 13%, na sexta-feira (31).

Pela lei da nova política de frete, se o combustível tiver variação de preço superior a 10% deve haver revisão dos pisos mínimos para acolher o aumento de custos dos caminhoneiros. A UDC cobra fiscalização por parte da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) nas estradas.

Veja a nota da UDC

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.