Tucanos esperam celeridade no julgamento do vídeo de Ricardo

Os vereadores do PSDB, Marcos Vinícius e Hervázio Bezerra (líder da oposição na Câmara Municipal de João Pessoa), esperam que a Justiça Eleitoral da Paraíba julgue com a mesma celeridade que julgou a ação de cassação do mandato do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) o processo que trata das denúncias de que o prefeito Ricardo Coutinho (PSB) teria supostamente doado eletrodomésticos no Dia do Motorista, em período vedado pela legislação.

Hervázio lembra que o processo foi arquivado porque a Coligação “Por Amor a João Pessoa” deixou de apresentar e anexar aos autos do processo a fita, com as imagens brutas, que mostrariam o nome do prefeito colocado nas caixas de presentes onde estavam os eletrodomésticos doados durante o evento. Ele acrescentou que o competente advogado da Coligação, Marcos Pires, já tomou as providências necessárias para que esse descuido fosse corrigido e o vídeo original fosse inserido na peça jurídica.
 
“Agora, nossa assessoria jurídica, anexou as imagens brutas, ou seja, a fita original, contendo esse fato gravíssimo, no processo e esperamos que a Justiça Eleitoral avalie e dê a mesma celeridade na apreciação do processo como ocorreu no caso do ex-governador Cássio”, declarou Hervázio.

Já Marcos Vinícius fez questão, por sua vez, de enaltecer o trabalho feito pelo juiz Aluízio Bezerra e pelo promotor Amadeus Lopes. “Eles (Aluízio e Amadeus) interpretaram corretamente ao não acatar o vídeo que não era original. Mas agora não. As imagens são brutas e comprovam que, realmente, houve crime eleitoral praticado pelo prefeito, diferente do que ocorreu com Cássio que não praticou nenhum delito, não assinou nenhum cheque da FAC, não teve direito, em momento nenhum de se defender, mas mesmo assim teve o mandato cassado”, observou o tucano.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.