TSE multa Dilma e PT por propaganda antecipada

Por unanimidade, o TSE decidiu na noite desta quinta-feira multar o PT, em R$ 20 mil, e a pré-candidata Dilma Rousseff, em R$ 5 mil, pela realização de propaganda eleitoral antecipada no programa partidário de televisão da sigla que foi ao ar em dezembro do ano passado.

O ministro Marco Aurélio Mello, que tomou posse hoje no tribunal, propôs que a multa de R$ 20 mil também fosse aplicada à Dilma, mas sua sugestão não prevaleceu.

O tribunal também cassou integralmente o tempo da propaganda do PT que será veiculada no primeiro semestre do ano que vem. PSDB e do DEM, autores da representação julgada, pediam que o TSE retirasse do ar o programa que foi ao ar hoje, mas o tribunal não começou a sessão à tempo.

Os ministros entenderam que o programa do PT veiculada no ano passado promoveu a imagem pessoal de Dilma, além de fazer propaganda negativa quando comparou o governo Lula ao governo Fernando Henrique Cardoso. Segundo os ministros, a propaganda deveria divulgar apenas o programa partidário e as posições do PT sobre os temas da atualidade.
 

Folha Online

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.