TJ devolve 50 servidores para as serventias judiciais de 1º grau

O presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Luiz Silvio Ramalho Júnior, devolveu, conforme publicação no Diário da Justiça (DJ) desta quarta-feira (8), cinco analistas e 45 técnicos judiciários das serventias de 1º grau, que se encontravam em exercício na Secretaria do Tribunal. A devolução atendeu às determinações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), contidas no relatório de inspeção.

No DJ de 29 de setembro, foi publicado Ato da Presidência que instituiu uma comissão encarregada de gerenciar e de operacionalizar a realocação dos servidores do Poder Judiciário para efeitos de cumprimento, também, do relatório de inspeção.

A comissão realizou um trabalho detalhado para realocar os servidores que pertenciam ao banco de  recursos humanos da Capital, em unidades judiciárias que se encontravam com déficits de funcionários. Os demais servidores foram devolvidos para suas respectivas serventias de

A comissão  é composta pelo juiz-auxiliar da Presidência, Alexandre Targino Gomes Falcão (presidente); pelo secretário-geral do TJ, Robson Lima Cananéa; pela secretária de Recursos Humanos (RH), Juliana Coutinho Lacerda; pelo coordenador de RH, Einstein Roosevelt Leite, e pela secretária Waleska Vieira Vita.

Setor médico – No final do mês de setembro, o Tribunal de Justiça, cumprindo determinações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), devolveu 42 servidores do setor médico, requisitados de outros órgãos e que estavam à disposição do Tribunal. A Portaria da Presidência foi publicada no Diário da Justiça do dia 25 de setembro.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.