Tendência petista recorre à Nacional contra apoio a João Azevêdo

A tendência Resistência Socialista impetrou recurso à Comissão Executiva Nacional do PT contra a decisão tomada no último dia 6 de fevereiro pelo diretório estadual do partido de manter-se na base de apoio ao governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania). No documento, o grupo alega que João teria cometido um ato de represália ao exonerar o ex-deputado federal Luiz Couto da Secretaria de Agricultura Familiar depois que ele anunciou o apoio ao então candidato a prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB) nas eleições de 2020. A providência é tratada pelo grupo como um desrespeito a toda a legenda. Há ainda, uma queixa em relação à direção estadual por não ter havido nenhuma demonstração de solidariedade a Couto no momento da exoneração.

Confira a íntegra do recurso:

RECURSO A CEN 1021

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.