TCU condena ex-prefeita de Boqueirão

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou a ex-prefeita de Boqueirão Joanita Leal de Brito e a empresa Celcom Construções e Comércio  Ltda. a pagarem, solidariamente, R$ 348.530,50, valor atualizado.

A ex-prefeita executou apenas 23,26% das obras de pavimentação das avenidas Severino Macedo e Ivanilda Rodrigues Chagas. As obras eram o objeto do acordo firmado entre o município e o Ministério do Turismo. Joanita Brito também não comprovou a boa e regular aplicação dos recursos repassados. A empresa de construção recebeu a totalidade dos recursos e não realizou o serviço.

Os responsáveis foram multados, individualmente, em R$ 5 mil. Cópia da decisão foi enviada à Procuradoria da República na Paraíba. O ministro Augusto Nardes foi o relator do processo. Cabe recurso da decisão.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.