Tavinho admite que PTB estará divido nas eleições deste ano

O vereador Tavinho Santos, presidente municipal do PTB de João Pessoa, disse hoje ao Tambaú Debate da Nova Tambaú FM que seu partido deve ficar dividido nas eleições de outubro. Somente em junho será anunciado um posicionamento formal a respeito do pleito, mas para o dirigente, não haverá condições de unificar a ala que defende a reeleição de Luciano Agra e o grupo que faz oposição ao prefeito de João Pessoa:
 
– A tendência do PTB é seguir dividido para as eleições. E vamos aceitar a dissidência. Vamos lutar para emplacar um vice na chapa de oposição – informou ele, que garantiu ficar entre os adversários do PSB – Sou oposição. É uma questão de discurso. Zé Américo dizia que ninguém se perde na volta, mas o matuto disse que no atalho algumas pessoas se perdem. Meu projeto é de ficar na oposição, atendendo a um apelo das ruas. Muito mais pelo Governo de Ricardo Coutinho.
 
Tavinho defendeu o lançamento de uma candidatura única de oposição como melhor estratégia para fazer frente a Luciano Agra. Segundo ele, o ideal seria a união de forças entre Luciano Cartaxo, José Maranhão e Cícero Lucena no primeiro turno porque "no segundo turno, é outra eleição".
 
Pobres, pretos e prostitutas – O vereador ainda comentou o pedido de retratação feito por sua colega Raissa Lacerda (PSD) a respeito de sua declaração recente, segundo a qual no Brasil apenas seriam presos "pretos, pobres e prostitutas". Ele fazia um discurso irritado ao final de uma audiência pública convocada para discutir o Caso dos Livros e reclamava da falta de punição diante de denúncias contra a administração municipal. Raissa, contudo, apontou um teor discriminatório na frase do petebista:
 
– O que eu disse é um dado estatístico. Não vou me retratar. A vereadora Raissa Lacerda não entendeu e quis criar uma outra situação. Ela precisa se informar melhor sobre o assunto. Basta visitar um presídio e ela verá que o que eu disse é verdade.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.