Suspeito de se passar por policial penal é preso em Campina Grande com arma, colete e documentos falsos

A Polícia Civil prendeu em flagrante um homem de 36 anos que se passava por policial penal. A captura foi feita no bairro do Catolé, em Campina Grande, na noite desse sábado (5).

O trabalho investigativo da Delegacia Especializada de Crimes Contra o Patrimônio de Campina Grande (Roubos e Furtos) – DRF/CG aponta que o homem é suspeito da prática dos crimes de porte ilegal de arma de fogo, receptação e falsa identidade.

O delegado Diego Beltrão informou que os policiais civis apreenderam com o falso policial penal uma pistola calibre 380, diversas munições, um colete balístico com identificação suprimida, emblemas da Polícia Penal e um documento funcional do cargo de Agente Criminal da Defensoria Pública da Paraíba.

A Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande havia recebido a informação através da Polícia Penal do Estado da Paraíba que o conduzido afirmava que era policial penal para portar armas de fogo, momento em que iniciou-se a investigação.

Todo o trabalho investigativo deste caso, até chegar à prisão do suspeito, se deu em parceria e troca de informações entre a Secretaria de Segurança Pública, através da Polícia Civil em Campina Grande, e o Sistema Penitenciário do Estado.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.