Suspeito de atropelamento diz que jamais deixaria esposa assumir sua responsabilidade

O empresário Arnaldo Ribeiro Gomes da Silva Neto, suspeito de ter atropelado o pedreiro Valmir Pedro de Brito, de 44 anos, hoje de manhã no Quadramares, prestou depoimento ao delegado Luiz Gonzaga e reiterou que sua esposa é quem conduzia o veículo onde ele estava junto com duas filhas no momento da colisão. Arnaldo é sócio de várias empresas e testemunhas disseram que recebeu tratamento diferenciado por parte dos agentes do Batalhão de Policiamento de Trânsito que atenderam a ocorrência. Ele só passou pelo teste do bafômetro ao chegar na Central de Polícia.

Leia mais:

Ciclista é atropelado em faixa preferencial e suspeito embriagado diz que esposa é que dirigia

No depoimento prestado ao delegado Luiz Gonzaga, Arnaldo confirmou que havia ingerido cerveja e que a família voltava de uma festa de fim de ano no momento em que houve o atropelamento. Confira a íntegra do documento:

Comentários