Suplente assume vaga de vereador após cassação de titular

Está marcada para hoje a solenidade de posse de Damião de Medeiros Marques (PTB), conhecido por Doca Félix, de 57 anos, na titularidade do mandato de vereador de Paulista, Sertão do Estado. Ele foi diplomado na quinta-feira, 18, pela juíza Daniela Falcão, titular da 31ª Zona eleitoral, sediada em Pombal.

Doca assume a vaga deixada pelo vereador Francisco de Assis Pereira (Amaral), do mesmo partido, que foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral, por ter tido suas contas reprovadas pelo Tribunal de Contas da Paraíba. O balancete reprovado dizia respeito à época em que Francisco foi presidente do Poder Legislativo daquele município, em 2005.

Amaral chegou a registrar o nome de sua esposa (Nega) para substituí-lo na eleição de 2008, mas como havia recorrido da decisão que decretou sua inelegibilidade, se manteve na disputa e foi eleito.

Doca ficou na primeira suplência da coligação que elegeu o atual prefeito, Severino de Orismídio (PTB), ao obter 390 votos.

Filho do ex-prefeito (por dois mandatos) Pedro Félix, Doca chegou a candidatar-se ao cargo de prefeito, em 1982, não se elegendo, e foi vereador por também por dois mandatos consecutivos (1996 a 2004), não disputando o cargo em 2004, retornado só em 2008.

A sessão especial, convocada pela atual presidente, Laurenice Pereira (PR), que deverá reunir um grande número de pessoas do município e convidados, está prevista para acontecer às 19 horas, no plenário da Câmara de vereadores.

com Naldo Silva (Rádio Liberdade FM)

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.