Superintendente da União determina sindicância para apurar gafe no jornal

O superintendente do jornal A União, Nélson Coelho, determinou a abertura de uma sindicância para apurar o motivo pelo qual o crédito de uma foto publicada na edição de ontem do impresso saiu atribuído a "puta que pariu", conforme noticiou o blog Parem as Máquinas!. A portaria está publicada no Diário Oficial de hoje e diz que o princípio da autoridade impõe o dever de controlar e corrigir. Para isso, Nélson constituiu uma comissão de sindicância, com mandato de 90 dias, "com atribuição de apurar irregularidade em torno da publicação do Jornal A União, do dia 04 de setembro do corrente ano, referente a divulgação de palavras de baixo calão, notadamente, o termo “PUTA QUE PARIU”.

Os titulares da comissão de sindicância são o diretor administrativo Cristiano Machado, o gerente administrativo Derval Moreira de Araújo e Antônio Flávio Medeiros Xavier. Os suplentes são André Araújo Cavalcanti, Arthur Heinstein Apolinário Souto e Natália Amélia Leite Monteiro.

Ainda de acordo com a portaria os membros da comissão terão dedicação exclusiva e poderão reportar-se diretamente aos demais órgãos da Administração Pública, em diligências necessárias à
coleta da prova.

Clique aqui e veja a foto que gerou a polêmica

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.