SOS Transposição: Petista afirma que PSB quer ser “dono da festa e da Paraíba”

Com sua usual vocação para a polêmica, o deputado estadual Anísio Maia (PT) foi contundente ao analisar o SOS Transposição realizado ontem em Monteiro. Em uma nota distribuída à imprensa ele se queixou da organização do evento, que teria barrado várias lideranças que buscaram acesso ao palco, como o ex-deputado federal Luiz Couto (PT). Anísio também deu “puxões de orelha” no PSB, sem citar nomes: “Tem que acabar esta estória de alguns girassóis quererem sempre ser os donos da festa.”, foi uma das frases. A outra, ainda mais forte, encerra a nota: “Cabe-nos, ao invés de atacar aliados ausentes, procurar reincorporá-los nas próximas jornadas.
Para isto, alguns métodos devem ser corrigidos.

Ou operamos isto rapidamente ou a correlação de forças no Estado tenderá inevitavelmente para a direita.
Isto é muito mais importante do que querer mostrar quem é o dono da Paraíba”.

Confira a íntegra do texto de Anísio Maia.

SOS Transposição

Não gosto desta estória de idolatrar líderes.

Nunca fiz isto nem com Lula.

A vitória de ontem foi dos movimentos sociais.

Merece destaque a militância petista, que compareceu em massa e garantiu o sucesso do ato.

Este poderia ser maior se não ocorresse erros graves no planejamento e execução.

Tem que acabar esta estória de alguns girassóis quererem sempre ser os donos da festa.

No palanque tinha um coronel que dizia quem subia, quem falava e quem devia ser exaltado, a ponto de excluir a deputada petista Natalia Bonavides, o ex-deputado Luiz Couto e outros.

Talvez esta conduta justifique algumas ausências importantes.

Cabe-nos, ao invés de atacar aliados ausentes, procurar reincorporá-los nas próximas jornadas.

Para isto alguns métodos devem ser corrigidos. Ou operamos isto rapidamente ou a correlação de forças no Estado tenderá inevitavelmente para a direita.

Isto é muito mais importante do que querer mostrar quem é o dono da Paraíba.

SOS Transposição: Petista afirma que PSB quer ser “dono da festa e da Paraíba”

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.