Mário Tourinho

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal


Sobre um dos aniversariantes deste domingo

Todos os dias tem gente aniversariando! Reporto-me, especificamente, a aniversário de nascimento. Há, pois, em um dia como o deste domingo, 18 de abril, crianças completando um, dois ou mais anos de vida! Há adolescentes também com igual comemoração. São muitas pessoas, de todas as idades, recebendo “parabéns pra você” e, em função disto, rejubiladas pela graça que Deus lhes concede de aqui se encontrarem “festejando a vida”, especialmente se ocorrer dentro do ambiente familiar, vez que, afora o próprio ser humano, a família constitui-se no maior tesouro de sua criação!

Neste lugar chamado Paraíba, seja em João Pessoa, Campina Grande ou Cabedelo – não sei precisar, há, certamente, neste 18 de abril, muitos cânticos de “parabéns pra você” em homenagem a um pernambucano de nascimento, mas, como diria a “sister” do BBB, Juliete, “um paraibano da peste”, tal sua dedicação e comprometimento para com esta terra, onde constituiu uma exemplar família!… Aliás, a propósito, quando se o questiona sobre patrimônio, ele, prontamente, e cheio de orgulho, sempre destaca que o seu, de maior e inegociável valor, é a família!

Pois, bem! Este aniversariante específico, a que me refiro, está completando, e comemorando, 65 anos de nascimento! E ele tem Nascimento em seu sobrenome! Trata-se de Alberto Pereira Nascimento, entretanto bem mais conhecido como “Seu Alberto, da Transnacional”!

Na condição de seu amigo e admirador (admirador mesmo, tal seu caráter, sua correção e sobretudo sua simplicidade), eu não poderia deixar de publicamente fazer esta referência e reverência a “Alberto da Transnacional”, com quem tive a oportunidade de profissionalmente atuar por uns 25 anos e, por todo esse tempo, sempre aprendendo… aprendendo na gestão, aprendendo em solidariedade, aprendendo em simplicidade, aprendendo em familiaridade! Ele, Alberto, tem uma prestatividade tal que a imortal musa pessoense da “melhor idade”, Creuza Pires, tinha-o como o “grande padrinho” do grupo que ela coordenava. Uma outra grande musa da “melhor idade”, hoje, é dona Graça Barbosa, que, juntamente com o grupo do qual é a coordenadora, tem-no com igual dimensão! Um ou dois anos atrás, quando ainda foi possível realizar aglomeração comemorativa, este grupo de dona Graça homenageou-o pelo aniversário natalício, brindando-o com uma estatueta de Nossa Senhora por saber quão crente a Deus e a Nossa Senhora ele, Alberto, muito o é!

Ainda como caracterização dessa devoção a Deus e a Nossa Senhora, em 2014, quando a Assembleia Legislativa do Estado conferiu a Alberto o título de Cidadão Paraibano, o Cerimonial daquela Casa Legislativa a ele consultou qual sua canção de preferência, com a entoação da qual seria feita a introdução dele ao Plenário. Ele respondeu “Sonda-me” e sob o som da respectiva canção fez-se a ele a merecida homenagem: – “Senhor, eu sei que Tu me sondas/ Sei também que me conheces/ Se me assento ou me levanto/ Conheces os meus pensamentos …”.

Para concluir: – Alberto está fazendo 65 anos! Na numerologia, 65 simboliza espiritualidade, carisma, trabalho em equipe… família! Família, como a dele, mostrada na foto ilustrativa deste texto!

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.