Servidores do INSS suspendem greve e voltam ao trabalho nesta terça-feira

Os servidores do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) voltam ao trabalho a partir desta terça-feira (24). A categoria, que estava em greve há 58 dias, realizou assembleia virtual na noite de ontem (23) para suspender a paralisação, depois da assinatura do acordo entre as entidades nacionais e o governo, mas vai manter estado de mobilização para acompanhar o cumprimento desse termo. A informação foi repassada pelo Comando Único de Greve da Paraíba e pelo Sindicato dos Trabalhadores Públicos Federais em Saúde, Previdência Social e Trabalho do Estado da Paraíba (SindsprevPB).

Apesar do retorno às atividades, os servidores do INSS da Paraíba não ficaram satisfeitos com o desfecho das negociações, por entender que os ganhos obtidos foram muito aquém do que estava sendo reivindicado pela categoria. “Não precisaríamos efetivamente de uma greve de 58 dias para conseguir esses ganhos, era só o governo ter criado um Comitê Gestor para discutir nossas reivindicações. Os avanços foram muito poucos, mas nós da Paraíba estamos cumprindo um compromisso com a sociedade suspendendo a greve, mas mantendo o estado de mobilização para acompanhar o que foi materializado no documento”, aponta o Comando de Greve da Paraíba.

Itens como, jornada de seis horas; concurso público, que repõe a força de trabalho na carreira do Seguro Social; não fechamento das agências do INSS; defesa do atendimento presencial do cidadão nas unidades e recomposição salarial com data base, não foram contempladas neste acordo, mas os servidores do INSS continuam firmes na luta para que num futuro próximo se possa avançar nessas reivindicações.

A Paraíba conta com 41 agências previdenciárias e cerca de 400 servidores, distribuídos em duas gerências executivas ( João Pessoa e Campina Grande).

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.