Servidores da Câmara de João Pessoa recebem atendimento de auriculoterapia | Parlamento PB

Servidores da Câmara de João Pessoa recebem atendimento de auriculoterapia

Na manhã desta sexta-feira (20), foi realizada a primeira sessão de terapia holística para os servidores da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). A terapeuta holística Rose Carvalho, coordenadora do projeto, e as voluntárias Zara Marcicano, fisioterapeuta e acupunturista, e Rosana Santos, terapeuta holística, realizaram atendimento de auriculoterapia na sala da redação da TV Câmara JP. Na ocasião, foram atendidos servidores de diversos setores da Casa.

Zara Marcicano explicou que a auriculoterapia ou auriculocupuntura é uma forma de medicina alternativa baseada na ideia de que o pavilhão auditivo da orelha, ou aurícula, é um micro sistema em que todo o corpo é representado por um mapa. “É possível tratar problemas de saúde física, mental ou emocional exclusivamente mediante estimulação de pontos específicos da superfície da orelha. Esses pontos são pressionados por sementes de mostarda coladas em esparadrapos que deverão ficar na orelha por sete ou oito dias. Com esses estímulos, serão tratados órgãos e sentimentos”, esclareceu.

Já a terapeuta Rosana Santos destacou que a medicina convencional já comprovou a melhora dos sintomas de 40 doenças através de terapias alternativas, inclusive, o Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza 29 terapias, tais como aromaterapia, meditação, ioga, terapia de florais, entre outras. “O SUS reconhece que essas terapias alternativas trazem melhoras nas articulações e no sistema emocional. Esta é uma Casa que recebe muita gente, e isso pode trazer muito estresse. Essas terapias vão melhorar o lado emocional dos servidores, o que vai trazer benefícios no desempenho de suas funções”, ressaltou.

A servidora Adriana Meneses achou a experiência maravilhosa e se disse ansiosa para perceber os resultados em sua vida cotidiana. “É muito bom desestressar e recarregar as energias”, comentou. Já a consultora de Comunicação Social Bruna Agripino fez questão de destacar a importância da iniciativa, por contribuir com o bem estar dos servidores da CMJP. “Só o fato de parar e dedicar um tempo para nós mesmos nos desestressa. É ótimo saber que estão pensando no bem estar da gente”, disse.

Rose Carvalho ratificou que, além de auriculoterapia, os servidores da CMJP vão receber atendimentos e atividades de meditação, reiki, floral e reflexologia. Ela esclarece que, a priori, as sessões vão acontecer às sextas-feiras, sempre em setores diferentes. A coordenadora do projeto informou ainda que está buscando firmar convênios com os três Centros de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (Cpics) do Município – Equilíbrio do Ser, no bairro dos Bancários; Canto da Harmonia, no Valentina Figueiredo; e Cinco Elementos, no Parque Zoobotânico Arruda Câmara – para conseguir voluntários para realizarem as terapias na CMJP.

Tratamento a partir de uma visão global

Terapia holística é um tipo de terapia baseada na visão do holismo, que trata problemas e doenças a partir de uma visão global. Ela faz uma análise da pessoa como um todo, com o objetivo de ajudar o paciente a melhorar a qualidade de vida e chegar ao seu ponto máximo de equilíbrio físico, emocional e energético.

As terapias holísticas podem tratar diversos problemas, como insônia, medo, ansiedade, dores físicas ou musculares e bloqueios energéticos. A profissão de terapeuta holístico é reconhecida e regulamentada pelo Conselho de Auto Regulamentação da Terapia Holística (CRT). Muitas das terapias holísticas usadas nos tratamentos fazem parte dos ensinamentos da medicina oriental, como a Medicina Chinesa e o Ayurveda.

Servidores da Câmara de João Pessoa recebem atendimento de auriculoterapia

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.