Sepultamento de casal que morreu de Covid-19 tem “paredão” e atrai multidão em Cajazeiras

A população de Cajazeiras se comoveu com a morte de José Carlos de Abreu Cartaxo, de 39 anos, e da esposa dele, Josefa Lívia Gonçalves de Abreu, de 36. Ambos foram vítimas da Covid-19 e morreram com uma diferença de 20 minutos na noite desta segunda-feira, 22, no Hospital Regional de Cajazeiras. Hoje, o cortejo fúnebre foi puxado pelo maior paredão de som do Nordeste que pertencia ao falecido José Carlos, conhecido como Carlinhos do Paredão. Desta vez, as músicas executadas eram religiosas. Uma multidão presenciou as últimas homenagens ao casal que deixou duas filhas, uma de 10 e outra de 4 anos de idade. José Carlos e Josefa Lívia foram sepultados no Cemiutério Nossa Senhora da Conceição.

O casal havia sido internado no dia 17. Dois dias depois, ambos foram intubados por causa do agravamento dos sintomas.

A causa da morte de Josefa foi trombo embolia pulmonar enquanto que o marido morreu após um choque séptico.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.