Segundo colocado para reitor da UFCG “apela” para Bolsonaro: “Pela família”

Os professores John Kennedy Guedes e Marcus Vinícius, que ficaram em segundo lugar na lista tríplice para reitor e vice-reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), não esperaram a decisão de Jair Bolsonaro e gravaram um vídeo apelando ao presidente para serem nomeados para os cargos. No vídeo, eles destacam suas qualidades e intenção de trabalhar seguindo os moldes da administração federal, “com a mesma indicação de honra, respeito à família e princípios éticos”. Ironicamente, a chapa encabeçada pelos dois tinha como lema “UFCG Plural e Democrática”.

Os dois também fazem questão de citar trabalhos executados junto ao Exército.

A eleição da UFCG foi realizada em novembro e o resultado foi o seguinte:

Reitor

Vicemário Simões com 593,89 votos (50,45%);
Kennedy Guedes com 354,00 votos (30,07%);
Antônio Fernandes com 229,24 votos (19,47%).

Vice-Reitor
Camilo Farias com 627,98 votos (53,97%);
Marcus Vinícius com 348,53 votos (29,95%);
Mario Eduardo com 187,11 votos (16,08%).]

O pedido público pela nomeação pode ser compreendido como um efeito da efetivação do professor Valdiney Gouveia, terceiro colocado na consulta realizada pela UFPB no ano passado, cuja defesa ostensiva foi encampada por grupos de direita nas redes sociais.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.