Secretário de Saúde de Cabedelo pede exoneração e alega “falta de autonomia”

O secretário de Saúde de Cabedelo, André Luiz Lima, pediu hoje exoneração do cargo e divulgou uma carta na qual critica o prefeito Vítor Hugo (DEM). “Não posso deixar de me furtar ao informar que a falta de autonomia para a condução da Pasta, sem o direito de formar uma equipe técnica, gerir de fato os recursos e demais decisões, além da interferência direta de outras Pastas também pesaram muito para esta decisão”, disse ele.

Além dos problemas internos com a gestão, comenta-se em Cabedelo que André teria a disposição de disputar a prefeitura nas eleições do ano que vem.

Confira a carta que ele encaminhou ao prefeito de Cabedelo:

Cabedelo, 27 de dezembro de 2019

Excelentíssimo Senhor Prefeito Vitor Hugo Castelliano,

Venho através desta, de caráter individual e irrevogável, apresentar a Vossa Excelência o pedido de EXONERAÇÃO do Cargo de Secretário Municipal de Saúde do Município.
Gostaria de agradecê-lo pela oportunidade de conduzir a referida Pasta, tão relevante ao Município.

Informo que as razões que me levaram a esta decisão são de ordem pessoal e buscando novos projetos para os Cidadãos Cabedelenses. No entanto, não posso deixar de me furtar ao informar que a falta de autonomia para a condução da Pasta, sem o direito de formar uma equipe técnica, gerir de fato os recursos e demais decisões, além da interferência direta de outras Pastas também pesaram muito para esta decisão.

Agradeço a todos os servidores da Secretaria de Saúde, do mais simples ao mais graduado, por terem me ajudado durante esse período a conduzir esta Pasta. Agradeço a todos que dividiram comigo todas as alegrias, tristezas, rancores, decepções e as muitas conquistas. Agradeço a minha familia pelo apoio e compreender minhas ausências e em especial, agradeço a população que acreditou e confiou em meu trabalho e em minha experiência na área clínica e administrativa, devotando a ela todos os esforços para a melhoria da qualidade de vida e me colocando como amigo em qualquer ensejo ou reivindicação que possa colaborar.

Afasto-me em harmonia e agradecido de ter feito parte de um momento da administração, de cabeça erguida e de voz levantada para assumir outros desafios e missões pessoais, com a certeza da consciência limpa e do dever cumprido, mesmo diante das limitações a mim ofertadas. Se mais não podemos fazer, não foi por falta de tentativas, não nos faltou disposição.

Sem mais, receba minha exoneração e meus agradecimentos.
Que Deus abençoe nossa amada Cabedelo.
Do médico amigo,

André Luiz B. B. de Lima

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.