Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Saúde convoca população para tomar dose de reforço com a vacina bivalente

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) está reforçando a necessidade de a população completar todo o esquema de vacinas contra a covid-19. De acordo com a Nota Informativa nº 53, publicada nesta quarta-feira (12), que avalia a cobertura da vacina bivalente, oferecida como reforço para a população com idade a partir de 18 anos que recebeu a segunda dose há pelo menos 4 meses, a adesão está baixa. Os imunizantes contra o vírus continuam sendo oferecidas em toda Paraíba para a população com idade a partir de 6 meses.

De acordo com o painel do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde (SPI/MS), a Paraíba tem, até o momento, 83,76% de cobertura no esquema primário contra covid-19, enquanto a vacina bivalente tem 14,98% de alcance, onde a meta a ser alcançada é de 90%.

O secretário estadual de Saúde, Jhony Bezerra, explica que o reforço com a vacina bivalente é importante para evitar que novas cepas ganhem espaço na Paraíba. “Sabemos que os vírus se modificam para ganhar força e a bivalente atua justamente evitando casos graves e óbitos por covid-19, tendo eficiência em variantes nas quais as vacinas anteriores não tinham impacto”, explica.

A chefe do núcleo de Imunizações da SES, Márcia Mayara, destaca que a cobertura vacinal contra covid-19 em crianças também precisa ser reforçada. “Temos observado que o público infantil ainda está com cobertura insuficiente. O público de crianças entre 6 meses e 4 anos alcançou cobertura de 24,19% na primeira dose contra covid-19, com pouco mais de 61 mil doses aplicadas em uma população estimada de 255.404 indivíduos. A faixa etária de crianças entre 5 e 11 anos tem apenas 32.621 doses de reforço registradas para um público de mais de 345 mil pessoas. São dados preocupantes que revelam a fragilidade da proteção nas nossas crianças. Lembramos que vacina contra covid-19 está disponível para crianças a partir de 6 meses e que os pais ou responsáveis devem investir nesse cuidado para proteger os pequenos dos casos graves e dos óbitos”, explica.

O calendário de vacinação contra covid-19 prevê esquemas distintos para cada faixa etária, com imunobiológicos adequados para cada público. As crianças com idade entre 6 meses e 4 anos precisam receber três doses; crianças entre 5 a 11 anos recebem duas doses e um reforço; adolescentes de 12 até 17 anos também precisam de duas doses e um reforço e todo o público a partir de 18 anos deve ter o esquema inicial de duas doses e o reforço com a bivalente.

O secretário Jhony Bezerra orienta que a população procure um posto de saúde ou compareça no próximo Dia D de vacinação para atualizar o cartão com as doses que faltam. “As vacinas estão disponíveis em mais de mil salas em toda Paraíba e, no dia 22 de julho, teremos uma mobilização especial em mais um Dia D de vacinação que, além de todas as vacinas contra covid-19, também terá a oferta das doses de rotina. Levem as crianças, adolescentes, adultos e idosos para atualizar o cartão de vacinação e ficar com a proteção garantida contra a covid-19 e outras doenças imunopreveníveis”, finaliza.

A Paraíba já distribuiu 849.090 doses da vacina bivalente. Deste total, 446.726 foram aplicadas na população. Nova Floresta é o município com menor cobertura de bivalente, com 0,84%, enquanto Bom Sucesso tem o melhor desempenho, com 65,33% da população elegível vacinada. Além do público com idade a partir de 18 anos, pessoas pertencentes aos grupos prioritários também podem receber a vacina bivalente a partir de 12 anos. Na avaliação dos últimos 15 dias, 189 municípios paraibanos tiveram aumento na cobertura vacinal deste imunobiológico e outros 34 não tiveram alteração.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

‘Festa da Adoção’ tenta aproximar crianças e adolescentes de pessoas aptas a adotar

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Anteriores

edsonfachin

Ministro do STF decide arquivar ação contra reeleição antecipada de Adriano Galdino

Sodiê

Governo da Paraíba dispensa emissão de documentos fiscais em mercadorias doadas ao RS

lovina

MPF intervém e Prefeitura de Cabedelo demole obra ilegal de contenção marítima do Lovina

chuvasrs (1)

Com chuva forte, água sobe pelos bueiros e volta a inundar ruas em Porto Alegre

1af1367b-89e5-4e87-ae7e-586266147ed4

Paraíba participa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite a partir de segunda

tourinho1 (1)

APCA homenageia imprensa da Paraíba com a Comenda Acadêmico Mário Tourinho

Poste, batida

Paraíba registra 242 colisões em postes este ano; João Pessoa e Campina lideram

Lixão a céu aberto

Prefeitura de Catolé do Rocha deve pagar indenização por lixão a céu aberto

Luciano Cartaxo 3

Luciano Cartaxo tem alta e deixa hospital em João Pessoa

PF operação

Operação da PF mira empresas clandestinas de segurança privada