Sai hoje resultado de exame que vai confirmar ou descartar coronavírus na PB; homem segue internado

O resultado dos exames que vão apontar se o homem internado no Hospital Clementino Fraga tem coronavírus ou não vai sair nesta sexta-feira (28). A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Saúde disse ao ParlamentoPB que a previsão é de que os exames saiam no fim da tarde.

Ele está sendo tratado para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), como determina o protocolo do Ministério da Saúde, enquanto aguarda confirmação ou descarte de caso. O Hospital Clementino Fraga é uma das unidades de referência para atendimento de casos suspeitos de Coranavírus na Paraíba.

De acordo com o último boletim médico sobre a situação dele, divulgado ontem pelo hospital, o paciente estava evoluindo com estabilidade clínica, consciente, orientado, sem febre e mantendo tratamento com medicamentos antivirais e antibióticos.

O homem esteve na Itália entre os dias 14 e 23/02, chegando ao Brasil na segunda-feira (24/02), em voo internacional com desembarque em Recife (PE). Ainda durante a viagem, o homem, que reside em João Pessoa, apresentou sintomas como tosse, febre e coriza.

Ele buscou o atendimento médico por conta própria, acompanhado por familiares. Foi realizado atendimento assistencial, coleta para exame e realizada notificação para o Ministério da Saúde para definição de caso.

Em paralelo ao acolhimento do paciente no Clementino Fraga, a SES-PB, juntamente com a Vigilância Municipal, já deu início às primeiras medidas de vigilância, conforme estabelecido previamente no Fluxo Estadual para Caso Suspeito.

A Paraíba possui um plano estadual para notificação e assistência para o novo Coronavírus, elaborado desde o fim de janeiro e amplamente divulgado entre profissionais de saúde da rede pública e privada de todo o estado. Além do Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa, o Hospital Universitário Lauro Wanderley também é unidade de atendimento para casos suspeitos para o novo Coronavírus na Paraíba, sendo este último para pacientes da pediatria.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.