Ruy rebate Coronel e diz que Esporte era prioridade com Cássio

O ex-secretário de Juventude, Esporte e Lazer respondeu hoje, em entrevista ao Parlamentopb às provocações feitas pelo atual titular da Pasta, Coronel Francisco de Assis Silva. Enquanto seu sucessor o acusa de promover um "faz de conta" nas atividades da secretaria, Ruy foi taxativo: "Os diretores de escolas, as federações e associações esportivas podem responder melhor que eu. Basta que o coronel ou qualquer outra pessoa pergunte qual foi a melhor gestão no Esporte. O resto, é questão de retrovisor", disse.

Ruy acrescentou que no governo passado, o Esporte era prioridade e disse: "O Coronel não devia estar preocupado com o passado e sim, em se fazer presente".

Em outro ponto da entrevista, o deputado estadual citou que, apesar de ser um militante da oposição ao então governador Cássio Cunha Lima, o Coronel Francisco de Assis chegou a ser contemplado com um repasse aproximado de R$ 14 mil para projetos do Clube dos Oficiais, entidade gerida por ele.

"Isso mostra o quanto nossa atuação não dependia de cor partidária. A verba só não saiu porque o governador Cássio deixou o Governo, mas o Coronel sempre foi ouvido e muito bem recebido na Secretaria", comentou Ruy.

Entre as ações "reais" de sua gestão, Ruy citou o repasse de R$ 1,5 milhão para as federações esportivas, através de projetos, cuja elaboração foi ensinada por técnicos cedidos pela própria Secretaria: "Nós fornecemos material esportivo, ajuda em passagens aéreas e de ônibus e temos o aval do ministro dos Esportes. Ele mesmo reconheceu que o programa Bolsa Atleta da Paraíba é, proporcionalmente, o maior que existe no Brasil", concluiu.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.