Ruy Carneiro quer congelamento de salários de prefeito, vice-prefeito e secretários

Como parte da sua trajetória de luta contra privilégios, o candidato a prefeito de João Pessoa Ruy Carneiro anunciou nesta quinta-feira (1º) o compromisso público de congelar os salários de prefeito, vice-prefeito e secretários municipais durante toda a sua administração, a partir de janeiro de 2021. Além disso, anunciou a determinação de cortar carros oficiais e celulares do primeiro escalão.

A economia com as medidas anunciadas será de mais de R$ 10 milhões. Para Ruy, o momento pós-pandemia exige que todos façam sua parte para a recuperação da economia, o que inclui a redução dos gastos públicos. O compromisso será protocolado nesta sexta-feira em documento registrado em cartório.

“A nossa cidade tem 63 mil famílias que vivem com menos de meio salário mínimo por mês. Tem ainda 38 mil jovens que nem trabalham nem estudam. Temos que fazer algo para mudar essa situação, a partir de nós mesmos. É meu compromisso lutar por uma mudança de conduta na gestão pública. Caberá à administração municipal, portanto, adotar um modelo de gestão profundamente austero, comprometido com os preceitos da responsabilidade fiscal e da transparência. É o que faremos assim que assumirmos a prefeitura”, ressaltou.

Em sua vida pública, Ruy Carneiro foi autor da lei antinepotismo, do projeto pelo fim do auxílio-mudança para parlamentares e para acabar com a pensão de ex-governadores. Ele também abriu mão e lutou para extinguir o 14º e 15º salários dos congressistas.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.