Romero protesta contra não atendimento dos pleitos dos servidores

O deputado federal Romero Rodrigues protestou na Câmara dos Deputados contra a “insensibilidade do prefeito Veneziano Vital do Rego, para atender aos pleitos dos servidores públicos do Município. Não é possível que esse rapaz não tenha o menor respeito e consideração para com os funcionários. Eles pedem apenas justiça para os seus pleitos, porém o que recebem são atitudes revanchistas”, disse o parlamentar.

Em seu pronunciamento o deputado afirmou que manifesta total solidariedade aos servidores da saúde que estão em greve, e reafirma o seu compromisso para o funcionalismo da Prefeitura Municipal de Campina Grande.

Romero lamentou que o prefeito tenha pedido a decretação da ilegalidade da greve à Justiça, mas não se preocupa em beneficiar essa categoria, o que no seu entendimento “é inadmissível”.

Destaca que a audiência com o prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo, por parte do Sintab, não trouxe grandes benefícios para os servidores municipais. O presidente do SINTAB (Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema), Napoleão Maracajá, afirmou que há uma grande frustração por parte dos trabalhadores que mais uma vez não tiveram seus pedidos atendidos por parte da administração da cidade.

Segundo Napoleão, o reajuste proposto pelo município para o magistério está muito aquém do que foi pedido, já que a proposta do sindicato é a adequação do salário do docente ao Piso nacional da educação, e o que foi oferecido passou de pouco mais de 7%, da mesma forma que a aprovação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) da Saúde também não sairá, já que o prefeito disse que a folha do município não suportaria o reajuste.

“A reunião veio recheada de algumas frustrações, já que o município tem a folha dos efetivos, dos comissionados, dos terceirizados e dos prestadores de serviço sob sua responsabilidade. Se o município tivesse a capacidade de diminuir a quantidade da folha dos que não são efetivos, ele tinha condições de dar um reajuste bem maior do que o que ele propôs”, afirmou o presidente.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.