Ricardo pede que deputados aprovem orçamento só em janeiro

O governador eleito da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), pediu hoje a seus aliados, durante uma reunião mantida no Distrito Industrial de Mangabeira, na produtora canal 40, que a votação do Orçamento 2011 só aconteça em janeiro. Essa apreciação, tradicionalmente, acontece até o dia 20 de dezembro, antes do recesso parlamentar, mas pode ser adiada, em caráter extraordinário.

– Vamos discutir o orçamento e vou pedir a sensibilidade dos deputados para prorrogar sua análise até o início de janeiro. Devo fazer algumas correções, como a criação de Programa de Geração de Renda e a implantação do Orçamento Democrático. Se isso não acontecer, perderíamos um ano.

Ricardo também reclamou da demora na deflagração do processo de transição com a gestão de José Maranhão:

– Não é possível que já tenhamos perdido um terço do tempo que o atual governo tenha para fazer a transição e até agora nenhuma informação tenha chegado. Eu temo não por mim, mas pela população. Um hospital, por exemplo, pode não ter a programação de compras de insumos, medicamentos… é preciso fazer com que a máquina administrativa não sofra solução de continuidade. Isso só será possível se houver informações sobre as compras, os pagamentos que estão para ser feitos. Também preciso saber da programação de pagamentos e que haja uma informação conjunta de quem governa e quem vai governar. Se não puder pagar tudo, seria interessante decidir as prioridades. Isso não é ingerência, mas preocupação com a máquina pública. A transição não é favor, mas obrigação.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.