Ricardo diz que placa vinculada foi herança de Maranhão

O governador Ricardo Coutinho (PSB) respondeu hoje à tarde em seu programa semanal de rádio à acusação feita pelo deputado estadual Frei Anastácio (PT) de que estaria usando um carro oficial com placas frias. O chefe do executivo negou que haja irregularidade no procedimento, mas atribuiu o fato ao antecessor, José Maranhão (PMDB), que teria adotado as "placas vinculadas" por motivos de segurança:
 
– Não tem nada de errado. Essa placa foi colocada pelo ex-governador Maranhão, mas não tem nada de ilegal. Eu imagino que tenha sido uma questão de segurança que tenha levado o ex-governador Maranhão a proceder desta forma para colocar uma placa vinculada no carro de uso do governador, que é o mesmo que eu mesmo passei a usar. Imagino que o ex-governador fez isso por motivos de segurança e eu não tenho objeções a fazer. Nem sabia, para falar a verdade. Outra coisa: disseram que o carro estava sendo guardado numa garagem particular. E queriam que botasse onde? numa festa? ou deixasse circulando com alguém? eu não permito isso. Problema seria se estivesse numa balada à noite. Isso é tudo plantado daqui. Passaram a semana inventando mentiras. Não tem nada de errado! Estão relembrando as épocas em que tinham tudo e mais alguma coisa, até o que não deviam ter.
 
Jampa Digital – Outro assunto tratado pelo governador foi a denúncia veiculada pelo Fantástico sobre o programa Jampa Digital, implantado em sua gestão como prefeito de João Pessoa, e cujo funcionamento é falho em vários pontos da cidade. 
 
– Aqui na Paraíba, pegaram uma reportagem que além de não apresentar nenhuma prova, queria desestabilizar o ministro Aguinaldo Ribeiro e tentaram me desestabilizar. Se houvesse alguma coisa em qualquer área por onde eu tenha passado, para desespero dos meus adversários, eu sou o primeiro a determinar apuração. Tenho em mãos o acórdão do TCE afirmando que a licitação foi regular. Não teve nenhum problema. Se um ponto de internet, por conta da falta de repasses do Ministério da Ciência e Tecnologia, que se faça o conserto. Qual o motivo do escândalo desses de 17 minutos. Esse mesmo grupo foi condenado pelo STJ porque me acusou de querer derrubar igrejas. Eles recorreram e perderam!

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.