Ricardo Coutinho anuncia que permanece no Governo

O governador Ricardo Coutinho anunciou que permanece no Governo do Estado e não vai disputar uma vaga no Senado nas eleições de outubro. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (6) durante entrevista à imprensa, no Clube Cabo Branco. “Eu fico, e fico feliz realizado, sabendo o que a história me cobra, que é responsabilidade com a Paraíba”, destacou.

Segundo o governador, o que está em jogo hoje é muito mais do que uma decisão pessoal. “Está em jogo muito mais coisas”, disse o governador. Disse que, ao invés de sair, vai anunciar em breve uma série de inauguração de obras.

Ao justificar sua permanência no governo, Ricardo afirmou que levou em conta fatores como a caminhada que foi feita até agora.

Foi enfático ao declarar que a Paraíba hoje é muito diferente da Paraíba quando o governo Ricardo Coutinho Chegou. “É diferente nos indicadores sociais, econômicos, é muito diferente na política. O governo teve coragem de quebrar privilégios e de avançar na construção de algo que pudesse favorecer a um poder popular mais organizado”, disse o governador.

Na entrevista Ricardo Coutinho deu várias indiretas em relação à vice, Lígia Feliciano. Disse que não permitiria cangapé no governo.

Disse também que nunca quis pra ele nada que não tivesse obtido de maneira legítima.

Solidariedade a Lula
Antes do anúncio o governador Ricardo Coutinho manifestou solidariedade ao ex-presidente Lula (PT), que, por determinação do juiz Sérgio Moro, terá que se apresentar nesta sexta-feira para iniciar o cumprimento de sua pena no processo relativo ao caso triplex.

Ricardo classificou o momento que o país vive de “muito grave, de intolerância”. Segundo ele, “O ex-presidente Lula está sendo preso pela propriedade de algo que não lhe pertence”.

Segundo ele, a imagem do Brasil está sendo profundamente questionada no exterior, o que significa um abalo muito grande na já combalida credibilidade nacional”.

 

Comentários