Ricardo atribui investimentos do Governo ao PAC e nega perdão a dissidentes

O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), disse hoje à tarde desconhecer o investimento de R$ 285 milhões anunciado pelo governador José Maranhão (PMDB), na capital paraibana. O comentário de Ricardo se deu após o anúncio de Maranhão, em seu programa de rádio semanal, sobre a injeção de recursos na cidade, que comemora nesta quarta-feira, 5 de agosto, seus 424 anos: "Eu não conheço esses investimentos. A Translitorânea, que foi citada, é uma obra importante, mas é do PAC. Eu gostaria de saber quais são os recursos próprios e de empréstimos que podem ser empregados na capital", disse o prefeito, em entrevista à Rede Paraíba Sat de rádio.

Ele confirmou que vai procurar o governador do Estado para discutir uma pauta de parcerias para João Pessoa: "Vou procura-lo, sim e não vou pedir que ele me ajude, mas vou conversar sobre ações institucionais do Governo da Paraíba com a Prefeitura da capital do Estado. Espero que as parcerias possam, de fato, acontecer. Atualmente, não temos projetos comuns em curso", declarou.

PSB – Ricardo Coutinho, que também é presidente estadual do PSB, negou que seu partido possa adotar uma postura parecida com a do PMDB, que resolveu liberar a saída dos filiados descontentes com a sigla, sem acioná-los por infidelidade partidária. Sobre o caso de Guilherme Almeida e Manoel Júnior, que já assinaram, inclusive, a ata de criação do PSR, Ricardo declarou: "Não vamos fazer isso de jeito nenhum. Por que faríamos? O candidato para ser eleito jura amor eterno. Depois que é eleito, quer ir para seu lado. Não achamos isso natural. Não existe isso de liberar ninguém".

Cícero Lucena – A entrevista ainda versou sobre as críticas frequentes que seu adversário Cícero Lucena tem feito a aspectos administrativos e políticos da trajetória do prefeito de João Pessoa. Sobre o senador tucano, Ricardo disse: "Entendo o momento que Cícero Lucena atravessa. Entendo o que acontece com quem quer detratar outro e não vê como. Ele disse que a Estação Ciência ia cair. Não apenas não caiu como está recebendo mais de 15 mil visitantes por dia. Se ele tem problemas de aceitação no grupo dele, ele tem que resolver isso. Se não, que recorra a um calmante".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.