Wendel Limeira

Wendel Limeira é formado em Comunicação Social com habilitação em Rádio e TV pela Universidade Federal da Paraíba.


Revolução dos bichos

Rihanna, Beyoncé, Sidartha e Baby estavam achando aquilo tudo muito estranho. Já fazia três meses que seus pais adotivos não saiam de casa. A única exceção era quando eles saiam com Lorde e Paçoca para passear na praça atrás de casa.

Toda aquela situação estava causando mal-estar. De uma hora para outra perderam a privacidade e passaram a se alimentar com mais frequência, acentuando aquelas barriguinhas salientes.

Rihanna tinha a personalidade mais introspectiva e, na calada da noite, enquanto os pais dormiam, solicitou uma reunião com todos os membros da família que estavam acordados. Foi a primeira a falar:

– Eles só podem estar encrencados! Será que estão sendo procurados pela polícia?

Beyoncé não tinha muita paciência e respondeu rispidamente:

– Claro que não! Se fosse essa a situação, nem estariam aqui. Todo mundo sabe onde a gente mora. Esqueceu as festas que eles davam antes disso? Eu odiava ter que lidar com tanta gente.

Paçoca era apressado e prontamente falou:

– Pra eu e pro Lorde não mudou muita coisa. Aliás, melhorou! Agora eles passeiam com a gente mais vezes e interagem durante todo o dia. Não vejo problema nisso.

Sidartha, que só pensava em comida, questionou:

– Será que foram demitidos do trabalho? Meu deus, será que vão substituir a nossa ração Super Premium por Crocantine?

Decidida em terminar logo a reunião para caçar lagartixas no quintal, Baby foi enérgica:

– Deixa de ser leso. Vi na TV que a moda agora é trabalhar de casa. Vocês não veem que todo dia eles acordam, tomam café, assistem ao jornal e se arrumam para passar o resto da manhã em frente ao computador e a tarde fazendo ligações?

Lorde parecia entediado, já não tinha a energia dos jovens e queria dormir:

– Isso é verdade. Eles só saem até o portão de casa para receber a comida pelo entregador. Nessa hora aproveito pra sair um pouquinho na calçada e fazer xixi.

O debate durou mais duas horas e acabou quando os primeiros raios de sol apareceram no céu. Não chegaram a conclusão alguma. Só queriam que tudo voltasse a normalidade.

De repente, o despertador tocou e seus pais levantaram prontos para mais um dia da nova rotina. Enquanto colocavam ração nos pratinhos escutaram um pequeno miado que vinha do lado de fora da casa. Foram até o quintal e descobriram que alguém tinha abandonado um novo gatinho. Resolveram adotar. Não entendiam como alguém poderia abandonar um filhote em plena quarentena.

Rapidamente a bicharada se agitou. Como se não bastasse o pouco espaço que tinham, agora teriam que dividir com mais uma nova moradora, que passou a se chamar Coco Chanel.

PS.: todos os animais citados na história são castrados.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.