Requerimento de Gervásio Maia pede exoneração de Sérgio Moro

Um requerimento apresentado hoje pelos deputados Gervásio Maia, Marcelo Nilo, Bira do Pindaré e Lídice da Mata indica ao presidente da República a exoneração do ministro da Justiça e Segurança Nacional Sérgio Moro “pelos graves fatos apontados na matéria do site Intercept Brasil”.

O documento cita que Moro cometeu graves desvios éticos e legais “não reunindo mais as condições para o exercício do cargo.

“A gravidade das denúncias pede que o presidente aja urgentemente na exoneração”, declarou o deputado Gervásio Maia.

Em audiência da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, na manhã\ de hoje, o ministro Sérgio Moro rebateu a acusação de que agiu de forma parcial na Operação Lava Jato. Segundo ele, foram 90 denúncias, 45 sentenças e 44 recursos interpostos pelo Ministério Público. De 291 acusados, 211 foram condenados e 63 absolvidos, o que, segundo ele, demonstra não ter havido convergência de ações.

— Qual o conluio? Qual a convergência? O que havia no fundo era muita divergência. Também existe parcial convergência: não quer dizer que, se absolvo alguém, tenho conluio com advogado. E também não quer dizer que, se condeno alguém, tenho acordo com o Ministério Público. A Lava Jato não era de atuação exclusiva minha. Aliás, nunca um juiz teve tanto recurso contrário às suas decisões como eu, por que os casos eram difíceis e envolviam pessoas poderosas. Quem foi condenado foi condenado nas provas que cometeu corrupção. E grande corrupção — explicou.

 

Requerimento de Gervásio Maia pede exoneração de Sérgio Moro

1 comentário

  • Ana
    13:46

    Não se enganem, Bolsonaro jamais vai fazer nada contra Sergio Moro, ele pode deixar de ser Ministro, mas não demora muito para o Sérgio Moro ser presidente do STF. É Brasilllll. Um absurdo após outro. Boa sorte brasileiros.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.