Renato Martins nega existir rejeição a Valdiney e diz que reitor da UFPB é aplaudido pela sociedade inteira

O vereador de João Pessoa, Renato Martins, o qual busca a reeleição nas Eleições 2020, defendeu a nomeação de Valdiney Veloso Gouveia como reitor da Universidade Federal da Paraíba por entender que ele é o mais qualificado e escolhido pela sociedade em geral, e não somente pela comunidade universitária. Os estudantes, professores e servidores da UFPB votaram e colocaram Terezinha Domiciano como primeira colocada na consulta eleitoral de 26 de agosto deste ano. Valdiney Veloso ficou em terceiro lugar no número de votos. Contudo, a legislação permite que o presidente da República escolhe qualquer um dos três nomes da lista tríplice vencedora da votação. Valdiney Veloso teve apenas 106.496 votos. A primeira colocada, Terezinha Domiciano, 964.518 votos. Mesmo assim, Bolsonaro nomeou Valdiney na última quinta-feira (5), conforme publicado no Diário Oficial da União (DOU).

Valdiney Veloso foi convidado para uma reunião realizada por Renato Martins, na tarde deste domingo (8). Também foi listado para o encontro o candidato a prefeito de João Pessoa, Nilvan Ferreira, cabeça da chapa integrada pelo vereador candidato à reeleição.

Questionado sobre os protestos contra Valdiney Veloso e pelo fato de que ele ficou em terceiro lugar no número de votos dados por aqueles que fazem parte da UFPB, o vereador Renato Martins disse que não há rejeição ao novo reitor e que essa análise não tem base no extrato da sociedade. “Não há rejeição a Valdiney. A sociedade inteira está aplaudindo Valdiney porque ele tem o melhor currículo. Essa pergunta está equivocada. Ela não tem base no extrato da sociedade, que a sociedade, obviamente, é quem banca todo nosso aparato público.”

Renato também destacou que Valdiney é o único com nível 1A, o maior patamar que um pesquisador pode chegar. “Se você pensar no nível estritamente acadêmico, Valdiney é pesquisador nível 1A do MEC. Se você pegar a carreira política, o máximo é presidente da República. Na carreira acadêmica, você só chega a pesquisador nível 1A. É ele o único dentre os candidatos e um dos poucos do Brasil que já tem esse nível. A pessoa (Valdiney) tem 250 artigos e livros, a maioria deles internacionais. Inclusive, cerca de quase uma centena de livros traduzidos para mais de 50 países. Ele tem uma original, que é a Teoria da Psicologia Funcionalista, que é estudada fartamente no Planeta todo. Então se a gente está pensando em academia, a gente está pensando numa pessoa que é, indiscutivelmente, o maior e o melhor currículo.”

O vereador declarou que Valdiney é um orgulho da ciência paraibana, que nenhum dos demais candidatos têm nível 1A como Valdiney e que o escolhido por Bolsonaro é capaz de atender diversas demandas da universidade e da sociedade. “Agora, se a gente pensar em sociedade, que é a maioria, a maioria da sociedade quer uma universidade capaz de enfrentar o problema do desemprego. Quer uma universidade capaz de dar sustentação a nossa economia como um todo, aos nossos problemas socioeconômicos. Isso ninguém pode fazer de maneira melhor do que uma pessoa que tem esse currículo, que é consagrado inclusive pelos mecanismos da academia, ele é pesquisador nível 1A, o resto não chega nem perto. E quando eu falo o resto não são os candidatos, não. É qualquer um outro. Ele é um orgulho da ciência paraibana chegou lá passando pela consulta prévia, chegando na escolha do Poder Executivo, que representa o conjunto da nação, e está muito bem posicionado. Eu penso que ele vai fazer uma revolução. E é essa revolução que a gente precisa.”

Para Renato Martins, “o professor Valdiney Veloso está em sintonia com a maioria da sociedade. A maioria da sociedade são os contribuintes que pagam os impostos e querem serviços públicos qualificados e que deem respostas para os diversos problemas da cidade, do estado. E a ciência é uma ferramenta decisiva para isso. Nós temos grandes potenciais, seja na agroindústria, na energia solar, no campo da biogenética, seja na nossa própria condição estrutural da UFPB que precisa ter uma melhor capacidade para dar melhor resposta, seja no bom uso da recurso público na UFPB, seja na geração de tecnologias para melhorar a administração pública. Portanto, pensando na maioria, e é a maioria que quer esse modelo de gestão que Valdiney Veloso defende, é que eu não tenho dúvida de que a escolha foi extremamente acertada, feliz. Nós vamos ter uma UFPB que vai ajudar a sociedade. E a sociedade não é a maioria, a sociedade é o todo. O todo quer uma universidade a serviço dela e Valdiney representa isso. Representa todos nós que pagamos impostos e que, de fato, somos os proprietários da UFPB.”

1 comentário

  • LUIS EVANDRO SANTOS DE SA
    15:54

    Este reacionário do Renato Martins já tomou a chinelada que merecia nas urnas. Vai comer capim agora, junto com o interventor da UFPB

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.