Reajuste linear de 5% será aplicado com efeito retroativo a janeiro para servidores da PB

O reajuste linear de 5% para os servidores públicos do Estado da Paraíba será pago com efeito retroativo a janeiro. A informação foi dada no início da tarde de hoje pelo governador João Azevedo (sem partido) durante entrevista à rádio Arapuan FM. Ele disse que a folha de pagamento está sendo rodada, mas ainda que não haja tempo hábil para implementar o acréscimo será feita uma folha extra: “Esse é o menor problema. Decidimos pagar com efeito retroativo”, garantiu João.

Ele confirmou que o impacto do percentual é de cerca de R$ 340 milhões na folha do Governo do Estado. “É um peso muito grande porque 5% linear representa no caso dos professores 12,84% de reajuste em toda a tabela do magistério. Alguns estados estão judicializando essa questão para ver se ficam dispensados do cumprimento, mas aqui vamos efetuar o pagamento. Também destacamos que mais do que isso poria em risco essa gestão eficiente”, explicou.

Dificuldades – João avaliou os principais problemas que enfrentou desde que chegou ao Palácio da Redenção e disse que o “fogo amigo” foi o pior deles: “A crise mais difícil foi a provocada pelo rompimento com o partido pelo qual me elegi governador e jamais imaginei que tão cedo teríamos problemas com fogo amigo. Não foi somente com Ricardo [Coutinho] mas logo em fevereiro por causa das medidas que tomamos, as coisas começaram a tomar outro rumo e o discurso das pessoas era se colocando contra o que estávamos fazendo”.

1 comentário

  • Sócrates Melo
    13:32

    Aumento linear de 5%? Vai ser retroativo para que o salário se iguale ao mínimo, sendo o aumento real de 0,02%…Caso se iguale ao mínimo será por força constitucional, já que a constituição proíbe salário abaixo do mínimo. Agora, se o “aumento linear” for em cima do salário mínimo anunciado pelo Governo Federal, aí sim, haverá um aumento real, merecendo vossa excelência os parabéns.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.