Raquel Sheherazade diz ter sofrido ameaças de morte desde que ousou criticar Bolsonaro

A jornalista Rachel Sheherazade, do SBT, diz ter sido ameaçada de morte após criticar Jair Bolsonaro e seus seguidores. “Campanhas difamatórias, ataques em massa, ameaças de morte, ameaças contra meus filhos têm sido uma rotina desde que ousei criticar o então candidato Jair Bolsonaro, ainda no episódio da greve dos caminhoneiros em 2018”, afirma.

Confira sua sequência de tweets:

 

 

Brasil 247

Comentários