Radical protesta contra uso de spray de pimenta em estudantes

O sindicalista Antônio Radical, coordenador estadual da CSP Conlutas, procurou o Parlamentopb para manifestar seu repúdio à maneira como os estudantes do Instituto de Educação da Paraíba tiveram seu protesto reprimido por policiais militares que usaram spray de pimenta contra oa manifestantes. Para Radical, a atitude foi "covarde" e representa uma "política facista de segurança":

– Foi uma covardia a Polícia Militar colocar a Tropa de Choque para reprimir uma manifestação de estudantes que buscavam a garantia de um direito, já que a diretora do IEP havia sido eleita pela comunidade escolar. O movimento era legítimo e queria corrigir a indevida intervenção do Governo na direção da escola. Isso revela uma política de segurança facista que não sabe diferenciar bandidos e estudantes. O governador se diz socialista mas conseguiu se equiparar a Tarcísio Burity, que foi o último governador a colocar a PM contra os estudantes.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.