PT proíbe Walter Aguiar de coordenar programa de governo de Ricardo

O PT da Paraíba decidiu, em reunião, por 8 votos a 2, proibir que o filiado, Walter Aguiar, aceite a coordenação de Campanha do ex-prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), que aglutina ainda, na majoritária, a aliança com o DEM e PSDB.  Na mesma reunião, por maioria, o partido resolveu também avançar na aliança com o PMDB e na exigência para indicar um nome para a vice na chapa, encabeçada pelo governador José Maranhão, pré-candidato à reeleição.

O diretório estadual do PT ressalta que a possibilidade de Walter Aguiar aceitar fazer parte da coordenação de campanha do ex-prefeito fere o que ficou decidido no último encontro estadual da legenda – o apoio à reeleição do governador Maranhão, a aliança com o PMDB na Paraíba e a manutenção de um nome petista na chapa governista – e também vai de encontro ao projeto da ex-ministra Dilma Rousseff de disputar a Presidência da República.

Ainda na reunião, os dirigentes petistas reforçaram, de forma nenhum, o PT aceita uma aliança com partidos, como o DEM e PSDB, que, desde o primeiro mandato do presidente Lula, fizeram criticas ferrenhas e tentaram, de toda forma, inviabilizar o governo federal.

Walter Aguiar, segundo a assessoria do PT, já foi, inclusive, comunicado, sobre as recomendações do PT estadual e as deliberações tomadas durante reunião ocorrida na noite de terça-feira na sede regional do partido.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.