PT faz balanço e avalia dissidência em reunião na segunda

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, Rodrigo Soares disse que vai reunir a bancada petista na próxima segunda para discutir a atual situação do partido na Paraíba e também a participação de petistas no governo de Ricardo Coutinho.

 
– Nós vamos fazer uma reunião da executiva estadual do PT e a pauta principal é a análise da conjuntura, é avaliar e debater os desafios que o nosso partido tem na agenda atual do nosso estado. Nós precisamos avançar no desenvolvimento da Paraíba com ações importantes articuladas na bancada estadual, federal e até no governo federal. Outras questões também serão debatidas com a participação dos colegas que estão no governo, nosso partido não é governo e os colegas estão no governo, mas essa será uma questão que será decidida internamente.
 
De acordo com Rodrigo, nenhum integrante do PT está autorizado para falar em nome do partido no governo do estado. Sobre a punição dos petistas que apóiam o projeto de Ricardo Coutinho, o presidente diz não confirmar nada nesse sentido, mas faz um alerta: Dissidentes vão ter que escolher, ou ficam no partido ou apóiam o governo do estado.
 
– O PT faz oposição ao governo, não participa das ações do governo e obviamente que em um caso assim, nenhum companheiro está autorizado a falar em nome do partido em prol do governo do estado. A executiva não trata sobre punição, a executiva nacional apóia as decisões da estadual, mas não há nada a respeito desse assunto. Espero que possamos avançar no diálogo e mostrar que não tem lógica os companheiros apoiarem o governo, mas aqueles que decidirem assim vão ter que fazer opção, ou fica no PT ou no governo.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.