PT da Paraíba comenta crise do “irmão” PSB e diz que fica no Governo

O presidente reeleito do PT da Paraíba, Jackson Macedo, emitiu uma nota na tarde de hoje na qual comenta a crise estabelecida no PSB paraibano. O texto diz que a instabilidade atual dos socialistas paraibanos “só enfraquece nossa agenda e fortalece o obscurantismo e o fascismo que só cresce na política do Brasil”.

Ao mesmo tempo, o PT paraibano se coloca como aliado do Governo, portanto, de João Azevedo. O partido tem atualmente o secretário de Agricultura Familiar, Luiz Couto, e o coordenador político e de gestão do Governo em Patos, Lenildo Morais, na estrutura da administração estadual.

Confira a nota do PT paraibano, na íntegra:

Após a eleição de Jair Bolsonaro o Brasil entrou em um período obscuro de instabilidade politica. A agenda do governo, de parte do judiciário, parte do congresso e da grande mídia, definitivamente, é uma agenda de atraso e perseguição aos defensores das conquistas históricas do povo brasileiro.

Querem descontruir todas as politicas vitoriosas dos governos Lula e Dilma que incluiu na agenda de desenvolvimento do país milhões de pessoas e que fez do nordeste uma região prospera que crescia em índices maiores que o resto do Brasil.

O resultado das eleições no Nordeste Brasileiro é a prova que as politicas de inclusão dos governos do PT refletem diretamente na vida do povo. Nossa região tornou-se uma trincheira de resistência ao atraso e ao fascismo implantado no Brasil.

Os governadores do nordeste assumiram a vanguarda nesse debate. Defendendo nossa região, propondo soluções para a crise econômica e social do nosso país e a cima de tudo, solidarizando-se com nossa agenda progressista e libertaria do povo brasileiro.

Na Paraíba o PT faz parte de uma correlação politica que mudou a cara do nosso estado. Os governos do PSB com ajuda de vários partidos e atores, foram fundamentais na inclusão do nosso Estado nos melhores índices de desenvolvimento da região e do Brasil. Sentimos-nos parte desse projeto e continuaremos sendo parte dele.

Os últimos acontecimentos relacionados ao nosso partido irmão o PSB, só enfraquece nossa agenda e fortalece o obscurantismo e o fascismo que só cresce na politica do Brasil. Insistiremos na manutenção desse campo politico na Paraíba. Lutaremos até o fim para que PT, PSB, PDT, PCdoB, REDE, etc, estejam juntos no governo e nas lutas sociais e politicas do nosso Estado.

Por fim, afirmamos que somos parte e continuaremos sendo parte da atual gestão, pois entendemos que como os outros estados do nordeste o governo da Paraíba está sintonizado com nossos anseios, lutas e sonhos de dias melhores para nosso povo. Estivemos juntos na campanha eleitoral passada e continuaremos juntos apostando para que esse governo mantenha-se sintonizado com o campo progressista, democrático e popular do Brasil.

Lutaremos por nossa unidade, sempre!
Jackson Macêdo Presidente Estadual do PT PB

PT da Paraíba comenta crise do “irmão” PSB e diz que fica no Governo

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.