PSOL quer ouvir Marcelo Queiroga sobre risco de desabastecimento de oxigênio

A bancada do PSOL na Câmara Federal quer ouvir o ministro da Saúde Marcelo Queiroga (Saúde) sobre o risco de desabastecimento de oxigênio no país. Gestores de saúde de ao menos 1.068 municípios relataram problemas com o estoque de cilindros e risco de falta do insumo nos próximos dez dias se a curva de casos de Covid-19 se mantiver em alta e houver novos entraves junto a fornecedores.

Os dados são de balanço feito pelo Conasems, conselho que reúne secretários municipais de Saúde, e obtido pela Folha de S. Paulo.

Segundo o órgão, o total de municípios com dificuldades pode ser ainda maior, já que apenas uma parte respondeu ao questionário. Ao todo, gestores —como secretários, representantes de hospitais e de outras unidades de saúde que atendem pacientes de Covid— de 2.411 municípios enviaram dados.

VEJA TAMBÉM

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.