PSOL protocola pedido de audiência com João Azevedo para tratar do Caso Alph

O presidente do PSOL da Paraíba, Tárcio Teixeira, protocolou nesta quinta-feira, 20, um pedido de audiência com o governador João Azevedo (Cidadania) para tratar do assassinato do estudante de Filosofia da UFPB, Clayton Tomaz, de 31 anos, que havia desaparecido no dia 6 e foi encontrado morto com um tiro na cabeça em uma mata em Gramame. O dirigente afirma que o caso pode ter motivação política e justificou o pedido para a conversa com o governador: “Não podemos permitir que nossa João Pessoa, que nossa Paraíba, vire um Rio de Janeiro no que diz respeito ao enfrentamento político por meio da violência. Tenho certeza que João Azevedo terá sensibilidade para nos receber e tratar desse assunto com a seriedade e forma coletiva necessária”.

Comentários