PSOL garante que vídeo sobre fretamento de ônibus e pagamento a militantes é fake

Desde ontem, um vídeo gravado numa área de estacionamento perto do Parque do Povo, em Campina Grande, começou a circular nos grupos com a informação de que o público presente ao ato político promovido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no fim da tarde teria sido remunerado para comparecer e que o transporte havia sido custeado pelos partidos da base do petista.

Na gravação, um homem que se apresenta como Cézar Brandão diz que recebeu R$ 1.200 do PSOL para levar um grupo de pessoas em seu micro-ônibus ao Parque do Povo.

“Vários ônibus, a perder a conta… Se eu recebi de um micro-ônibus R$ 1.200 de um partido, ônibus grandes são R$ 1.900 e vans, R$ 900 ou R$ 1.000. Por que nos eventos de Bolsonaro a turma grita que foi de graça? Os que vieram comigo vão receber R$ 50 e um lanche”, disse ele.

Diante da repercussão do caso, o vice-presidente da Federação PSOL Rede e pré-candidato a deputado federal pelo PSOL, Tárcio Teixeira, garantiu que a declaração do suposto motorista é falsa: “Recebi o vídeo por vários canais. Quem tem ao menos um pingo de juízo percebe logo que é mais um mentiroso do bolsonarismo. Pense num povinho pra mentir! O PSOL não contratou ônibus com esse Pinóquio que ficou muito incomodado com a multidão que tomou conta de Campina Grande em apoio ao Presidente Lula. Caso o mentiroso leia as matérias sobre essa questão, sugiro que pesquise sobre as absurdas marcas do antipresidente no gasto em cartão corporativo e passeios de moto sem capacete”.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.