Protetores cobram liberação de elefanta Lady para Santuário que oferece transferência grátis

Um grupo de protetores de animais promoveram um ato público na manhã deste sábado, 12, no Parque da Bica, em Tambiá, para pressionar a prefeitura de João Pessoa a liberar a elefanta Lady para que ela possa viver no Santuário de Elefantes Brasil, na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso. Foi a segunda vez que ambientalistas e pessoas ligadas aos direitos dos animais realizaram protesto em prol da saída de Lady do Parque da Bica.  A primeira mobilização foi no dia 29 de setembro.

Nota de Esclarecimento Lady – 03 Outubro 2019

Em nota emitida na semana passada pelo Santuário, a associação se diz muito preocupada com o estado do animal e cita um laudo emitido pelo Ministério Público Federal da Paraíba em julho deste ano que registra: “Sua vida em cativeiro e a falta de atendimento altamente especializado lhe causaram infecções crônicas nas patas e há indicações de osteoartrite”.

Scott Blais, presidente do Santuário de Elefantes afirma que a condição de Lady não é a pior que ele já viu em seus 32 anos de trabalho com elefantes em cativeiro, mas ela gera uma preocupação significativa de que sua doença progrida rapidamente. “A infecção presente nas patas da aliá, é muitas vezes ignorada e sua gravidade desconsiderada. Frequentemente observamos elefantes que se encontram nas mesmas condições de Lady, é comum que apresentem um agravamento contínuo e drástico, rapidamente, devido à falta de cuidados especializados e necessários”.

Scott ainda menciona que tem havido demora da Secretaria de Meio Ambiente de João Pessoa e que os representantes da Semam exigiram que fosse feita uma análise do caso de Lady pelo veterinário do zoológico de Pomerode-SC, que poderia elaborar um plano de tratamento que
ajudasse a melhorar a saúde da elefanta antes de sua transferência ao Santuário. “Disseram que não visitariam o Santuário Elefantes Brasil antes dessa análise do veterinário contratado pela prefeitura. Depois disso, não recebemos comunicação sobre o agendamento da visita deles ao Santuário”.

Grátis – Na nota distribuída à imprensa, o Santuário de Elefantes Brasil se disponibiliza a transferir Lady que atualmente vive no Parque Zoobotânico Arruda Câmara, a transportá-la e a recebê-la sem quaisquer despesas, quer para pessoas físicas, quer para pessoas jurídicas do estado da Paraíba.

O Santuário de Elefantes Brasil é uma organização sem fins lucrativos. Em sua página na internet, o Santuário afirma que sua missão é proteger, resgatar e prover um santuário de ambiente natural para os elefantes em cativeiro. “Nossos objetivos são: desenvolver e manter um santuário de ambiente natural, amplo e progressista, que estimule fisicamente os elefantes, lhes propicie um ambiente socialmente dinâmico, onde possam expressar seus comportamentos naturais e se recuperar dos anos de cativeiro”. A organização resgata elefantes cativos em situação de risco e oferece a eles o espaço, as condições e os cuidados necessários para que possam se recuperar física e emocionalmente dos anos passados em cativeiro. Dentro das atividades estão a busca pela preservação das espécies, o resgate e a reabilitação de elefantes, a defesa, preservação e conservação do meio ambiente, promoção do desenvolvimento sustentável, educação ambiental, voluntariado, estudos e pesquisas técnicas e científicas e projetos culturais. O Santuário de Elefantes Brasil é o primeiro santuário de elefantes na América Latina e é um projeto conduzido pelo Global Sanctuary for Elephants (GSF) e pela ElephantVoices, ambas organizações internacionais dirigidas por renomados especialistas em elefantes.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.