Promotorias de João Pessoa e Campina Grande podem ter expediente único

A Procuradoria-Geral de Justiça estuda a possibilidade de implantar expediente único nas Promotorias de João Pessoa e Campina Grande a partir do primeiro dia útil de fevereiro. O assunto foi discutido nesta terça-feira (14) durante reunião entre o procurador-geral de Justiça, Bertrand de Araújo Asfora, o secretário-geral do Ministério Público, Carlos Romero Lauria Paulo Neto, e a chefe do Departamento de Recursos Humanos, Leila Vilhena.
 
De acordo com o procurador-geral, o objetivo desta medida seria a redução dos custos e o aumento da quantidade de servidores nas Promotorias, visando a um melhor atendimento da população. O expediente único só seria implantado nas Promotorias, ficando os setores da Procuradoria-Geral de Justiça funcionando nos dois turnos.
 
Bertrand Asfora informou ainda que, pelos estudos, essa medida iria aumentar em 50% a disponibilidade de servidores nas Promotorias. Ele disse ainda que todas as alternativas estão sendo avaliadas.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.