Presidente inicia sessão da Câmara de Cabedelo e promete devolver R$ 2 milhões: assista

Começou há poucos minutos a transmissão de um ato simbólico de devolução de cerca de R$ 2 milhões do duodécimo feita pela presidente da Câmara de Cabedelo, Geusa Ribeiro, à prefeitura. Geusa ainda informou que em 2019 deve ser feita a aquisição de um prédio para a sede da Câmara. “São mais de R$ 2 milhões e se nós não tivéssemos uma gestão comprometida com o dinheiro público, não conseguiríamos fazer isso. Estamos preocupados em dar um direcionamento correto à verba pública. Nossa festa de confraternização, por exemplo, está sendo custeada por cada um dos funcionários”, disse, facultando a palavra a alguns populares, que elogiaram a iniciativa.

O presidente da Associação de Surfe de Cabedelo foi o primeiro discursar, elogiando a gestão da Câmara.

Em seguida, Geusa Ribeiro declarou aberta a sessão ordinária que pode ser conferida em tempo real. Os vereadores que apóiam o prefeito Vítor Hugo não compareceram aos trabalhos de hoje, prejudicando o quorum.  Vítor não compareceu para receber a devolução dos recursos e nem mandou representante.

“Estão prejudicando a população porque nós, vereadores, somos representantes do povo e não de um segmento político”, declarou a presidente da Câmara em relação aos ausentes.

A sessão desta quinta-feira deveria ter sido a última do semestre, com a votação da LOA. Por causa da falta de quorum, causada pela ausência dos aliados de Vítor Hugo, esse prazo não pôde ser cumprido.

Em discurso na tribuna, o vereador Eudes afirmou que o prefeito interino estaria no Trapiche Bar no momento da sessão e fotos do gestor circularam nas redes sociais.

Posted by Câmara Municipal de Cabedelo on Thursday, December 20, 2018

Comentários