Presidente do PMDB admite aliança com Cícero, mas não com Cássio

O presidente estadual do PMDB de João Pessoa, Antônio Souza, comentou hoje as declarações dadas pelo deputado estadual Trocolli Júnior (PMDB) a respeito de uma possível aliança do partido com o senador Cássio Cunha Lima, caso o tucano seja candidato a governador em 2014. Souza negou que haja uma estratégia neste sentido

– Não temos estratégia montada. O PMDB age democraticamente. Nossos filiados são potenciais candidatos. Tem alguns nomes lançados como Benjamin Maranhão, Manoel Júnir, Fernando Milanez e no ano que vem, no início do ano, faremos uma pesquisa e decidiremos qual o melhor nome. O PSDB de Cícero Lucena marchou junto conosco e nós devemos estar aliados. Se Cícero sair do PSDB, continuaremos com ele onde ele estiver, mas o PMDB não tem desejo de fazer parceria com Cássio Cunha Lima.

A reunião do PMDB, destinada a debater vários assuntos relativos ao partido, como a dissidência dos deputados Doda de Tião, Márcio Roberto e Wilson Braga, estava agendada para as 10 horas, mas até as 11 ainda não havia começado.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.