Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Presidente da comissão que pode cassar direitos de Leto vê desinteresse em opositores

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O presidente da comissão processante de impeachment da Câmara de Cabedelo, Evilásio Cavalcanti, questiona o que considera como desinteresse atual dos opositores de Leto Viana em concluir o processo que está nas mãos da comissão. Ele falou em entrevista ao ParlamentoPB nesta quinta-feira (15) que os opositores nunca se interessaram em cassar o ex-prefeito, e sim, “fazer mídia sobre uma tragédia administrativa”.

“Agora não vejo mais nenhum da oposição preocupado com a suspensão dos direitos políticos de Leto, porque será? Porque o autor da denúncia não se manifestou mais? Porque o próprio vereador que diz que foi responsável pelas prisões da Xeque-Mate não está mais interessado no final desta história? O que acho é que eles nunca se interessaram em cassar Leto, e sim, fazer mídia em cima destra tragédia administrativa. Ou seja, interesses próprios, como sempre, e não preocupados com a população”, disse Evilásio Cavalcanti ao ParlamentoPB.

Perguntado se ele vê que os opositores tiveram a intenção de abrir caminho para novas eleições apenas por interesses pessoais, Evilásio apenas respondeu: “Espero que respeitem o trabalho da comissão.”

Leto Viana, vereadores e servidores de Cabedelo são alvos da Operação Xeque-Mate, da Polícia Federal, que investiga um grande esquema de corrupção no município. O então prefeito foi preso em abril deste ano e renunciou ao cargo no dia 16 de outubro, dois dias antes da conclusão do trabalho da comissão que poderia cassar seu mandato. O presidente da comissão entendeu isso como manobra.

Como o vice-prefeito, também investigado, morreu no dia 15 de julho, houve vacância e o TRE-PB está organizando Eleições Suplementares para Cabedelo escolher novos prefeito e vice. O TSE suspendeu a Resolução que continha os prazos e determinava o pleito para 9 de dezembro. O questionamento feito pelo PT municipal enviado ao TSE é de que a Resolução do tribunal estadual não obedecia aos prazos corretamente, sendo muito curtos.

Amanhã (16), o TRE-PB pode definir nova data para as Eleições de Cabedelo. A comissão julgaria Leto Viana nessa quarta-feira (14), mas a defesa não foi notificada e o julgamento foi adiado para o dia 23 deste mês.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

UEPB: uma crise democrática

Confusão continua: TRE nega ter chancelado posse de Raissa Lacerda na Câmara

Anteriores

Priscila e Ramonilson (1)

Baronesa lança pré-candidatura em Patos e Ramonilson fala em ‘compromisso não honrado’

PSDB candidaturas femininas

PSDB amplia bases para eleições municipais e aposta em pré-candidaturas femininas na PB

Prisão, cadeado

Polícia Civil prende investigado por participar do assassinato do tio

Polícia Civil JP

Preso foragido do Rio que manteve família refém em JP durante assalto

Furto agências bancárias

Polícia Civil e PRF prendem investigados por furto de computadores de agências bancárias na Paraíba, PE e RN

Sandra Marrocos 2

Sandra Marrocos deixa cargo no Ministério das Mulheres para assumir pré-candidatura

CMJP 2023

Agenda da Câmara esta semana tem votação da LDO, debates e entrega de honrarias

Dinheiro 2

Caixa libera abono do PIS/Pasep para nascidos em julho e agosto

João Azevêdo close

João apresenta investimentos do Governo com recursos de emendas parlamentares estaduais

carteira de trabalho

João Pessoa tem 488 vagas de emprego a partir desta segunda-feira