Presidente da APPL participa da sessão em homenagem à Mulher

A presidente da Associação Promocional do Poder Legislativo (APPL), Crisneilde Rodrigues, participou na manhã desta quarta-feira da sessão especial promovida pela Assembleia Legislativa para homenagear o sexo feminino, por ocasião das atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8 de março. A sessão foi proposta pela deputada Daniella Ribeiro (PP) e presidida pela parlamentar Gilma Germano (PSB).

A deputada Daniella Ribeiro fez, em seu discurso, um retrospecto da trajetória ascendente da luta da mulher, desde a Revolução Francesa, passando pelo assassinato das operárias americanas, que foram queimadas no interior de uma fábrica, em 1857, na cidade de Nova York, até as conquistas mais recentes, quando o mundo, segundo ela, já convive com a presença da mulher em vários cargos.

“Durante a sessão foram feitas reflexões a cerca da condição da mulher, sobre os avanços e o que ainda há para se conquistar, os seus desafios, e o que chamo de ‘malabarismo no seu dia-a-dia’, com a jornada tripla. Além de políticas públicas que devem ser desenvolvidas em favor da mulher. É um dia importantíssimo no qual foram feitas avaliações e do qual com certeza sairão projetos que devem ser encaminhados nos próximos dias”, afirmou Daniella Ribeiro.

O tema que mais chamou a atenção das mulheres que participaram da sessão foi a violência contra o sexo feminino e a aplicação da Lei Maria da Penha, assunto levado à tribuna da Casa de Epitácio Pessoa pela deputada Gilma Germano. Ela informou que, na Paraíba, o número de estupros praticados contra mulheres teve um aumento de cerca de 50% em 2010, em relação ao ano anterior.

Gilma Germano defendeu um plano nacional em favor da mulher, que apresente diretrizes para acabar com a violência e que promova ações que inclua a mulher no mercado de trabalho, como forma de garantir ao sexo feminino a independência financeira. “Não tenho dúvida de que a atual realidade, principalmente quanto à exclusão e da violência, passa por um plano nacional”, declarou.

Diversas representantes de entidades de defesa dos direitos da mulher, além de mulheres que ocupam cargos de destaque na sociedade participaram da sessão. Na ocasião, a advogada e professora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Onélia Queiroga fez um balanço das conquistas das mulheres e da importância em não ser incentivada a disputa entre os sexos, e sim a colaboração entre ambos para um país melhor.

O deputado Jandhuy disse que é motivo de orgulho para um homem homenagear as mulheres, principalmente pela trajetória de luta que marca a existência feminina. “Nesse dia festivo, quero externar a minha satisfação de poder, daqui da tribuna da Assembleia Legislativa, do nosso Estado, prestar homenagem às mulheres do mundo e, em particular, a mulher paraibana”, ressaltou. 
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.