Prefeitura planeja cobrança de entrada no Parque do Jacaré em Cabedelo

O Parque do Jacaré, em Cabedelo, vai passar por uma série de intervenções para receber melhorias. As obras devem ser iniciadas no segundo semestre deste ano e o prazo de conclusão é de 24 meses. Quando isso acontecer, a entrada no local deverá ser cobrada. A informação foi dada pelo prefeito Vítor Hugo durante entrevista à rádio BandNews FM de João Pessoa.

“O Parque do Jacaré é um investimento com recursos próprios de cerca de R$ 2,5 milhões e vamos iniciar a primeira etapa com cerca de R$ 600 mil. Vamos fechar o parque e colocar catracas. Isso busca dar qualidade ao turismo e trazer arrecadação para o município. O por do sol do Jacaré é conhecido com um dos mais lindos do mundo, mas até hoje a prefeitura só faz recolher lixo. E em todos os lugares que se vai, paga-se para entrar. Então, vamos começar a cobrar dos turistas uma taxa para que possamos manter sempre em evidência o parque”, explicou o prefeito. Apesar de não citar valores, ele garantiu que será uma “taxa simbólica”.

O projeto do novo Parque do Jacaré foi apresentado pela prefeitura em março deste ano. De acordo com o planejamento, a área deverá contar com um amplo espaço para passeio, dois restaurantes, área de piquenique, píer, ciclovia, área de contemplação do pôr do sol e estacionamento. Além disso, também terá um novo posto de informações turísticas, miniquadras esportivas, parque infantil, espaço kids, e letreiro “Eu Amo Cabedelo”.

O projeto arquitetônico é assinado pela arquiteta Alana Lacerda. “Me sinto honrada em colaborar com o trabalho de reordenação urbanística daquela área. O nosso grande objetivo é transmitir as sensações de quem já frequenta o local e fazer as intervenções de forma benéfica. A intenção é manter equipamentos já existentes, explorar as belezas naturais, além de ordenar o espaço público, transformando-o em uma área com mais qualidade, conforto e bem-estar. A palavra-chave é pertencimento; as pessoas que funcionam ali serão mais vigilantes e responsáveis pela manutenção do local”, disse.

VEJA TAMBÉM

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.