Prefeito interino desiste de disputar eleição em Itapororoca

O prefeito interino de Itapororoca, Erilson Cláudio (PTB), desistiu de concorrer à eleição municipal que acontece no próximo dia 16. Ele foi surpreendido pela atitude de sua vice, Luciana Souza (PSDB), que declinou do convite para compor a chapa. Em sua justificativa, Luciana disse que não concordava com as articulações que haviam sido feitas para o pleito. Sem vice e desestimulado, Erilson, que já havia arrebanhado o apoio de oito legendas, saiu da corrida sucessória municipal e vai apoiar a candidata do PMDB, Neuza Madruga.

Desfeito o arco de alianças que dava suporte a Erilson, a vereadora Elissandra Brito (PP) pôde ser confirmada como vice do democrata, Celso Morais, que tem o apoio de Cássio Cunha Lima (PSDB) e Ricardo Coutinho (PSB).

As novidades no cenário sucessório de Itapororoca podem não parar por aí. É que o presidente do DEM municipal, Paulo Queiroz, tinha simpatia pela postulação de Erilson e especula-se que ele possa dificultar a manutenção da candidatura de Celso, que depende da interferência do presidente estadual do partido, Efraim Morais. A ata da convenção realizada no último sábado pelo DEM, por exemplo, omitiu que a candidatura de Celso tenha sido aprovada. O candidato recorreu à filmagem do evento para provar que é o postulante do partido.

Outra informação de bastidores é que uma chapa feminina, formada por Elissandra Brito e Luciana Souza ainda poderia prosperar.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.