Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Postos de saúde fazem Dia D de vacinação contra gripe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Mais de 41 mil postos de saúde em todo o país abriram as portas neste sábado (4) para o Dia D de vacinação contra a gripe.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começou no último dia 10 e segue até 31 de maio.

A meta, segundo o Ministério da Saúde, é imunizar pelo menos 90% de 59,5 milhões de pessoas. Até o dia 30 de abril, 12,2 milhões de pessoas haviam sido vacinadas.

Público-alvo

Devem receber a dose crianças com idade entre 6 meses e menores de 6 anos; grávidas em qualquer período gestacional; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; povos indígenas; idosos; professores de escolas públicas e privadas; pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Profissionais das forças de segurança e salvamento também passaram a fazer parte do público-alvo da campanha neste ano.

De acordo com o Ministério da Saúde, o grupo inclui policiais civis, militares, bombeiros e membros das Forças Armadas, totalizando 900 mil pessoas.

Cobertura

De acordo com o ministério, até o dia 30 de abril, 12,2 milhões de pessoas haviam sido imunizadas.

O número representa 21% do total de grupos que devem receber a dose. O público com maior cobertura, até o momento, é o de puérperas, com 38,8%, seguido pelas gestantes (33,4%); indígenas (27,6%); crianças (26,4%); idosos (21,5%); trabalhadores de saúde (17,1%) e professores (14,2%).

Vacina

A dose utilizada este ano sofreu mudanças em duas das três cepas que compõem a vacina e protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no Hemisfério Sul ao longo de 2018, conforme determinação da Organização Mundial da Saúde (OMS) – incluindo o H1N1.

“A vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença”, informou o Ministério da Saúde.

Casos

Este ano, até 20 de abril, foram registrados 427 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave por influenza em todo o país, com 81 óbitos.

Até o momento, o subtipo predominante no país é o vírus influenza A (H1N1), que responde por 213 casos e 55 óbitos.

Segundo o ministério, todos os estados estão abastecidos com o fosfato de oseltamivir, indicado para o tratamento contra o H1N1, e devem disponibilizá-lo de forma estratégica em suas unidades de saúde.

O tratamento deve ser realizado, preferencialmente, nas primeiras 48 horas após o início dos sintomas.

 

 

 

Com Agência Brasil

Foto: Pixabay

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Taioba Discos inaugura primeira loja física em JP com Soft Opening exclusivo

Banco do Nordeste nomeia novo superintendente na Paraíba

Prefeito paraibano fala de “infelicidade” de ter filhos autistas e servidora acrescenta: “São doidos”

Anteriores

transi

Trânsito entre os bairros José Américo e Água Fria será interditado nesta terça

1_img_6707-38939016

Advogada garante que assassino de Maria Vitória aliciou sete outras meninas; ouça

WhatsApp Image 2024-07-22 at 16.38.28

Francisco Fidelis registra candidatura à vaga de desembargador da Paraíba pelo Quinto Constitucional do TJ-PB

7c5c6b32-034e-4b1c-87c9-53518e96f3a4

Pagamento de julho dos servidores estaduais será feito nos dias 25 e 26

Pao-e-Leite-Divulgacao

Beneficiários do Pão e Leite têm até o fim de julho para atualizar cadastro

Promotoria-Sousa

MPPB expede recomendação sobre a vedação dos conselhos tutelares nas eleições

Gervásio com a prefeita Luciene e Raíssa, Brejo dos Santos

Gervásio participa de convenção que homologou chapa Luciene e Raissa em Brejo dos Santos

Bruno e Romero

Pedro diz que é mais fácil Romero manter aliança com Bruno e indicar nome do vice

Concurso, freepik 1

BNDES divulga edital de concurso com 150 vagas e salário de R$ 21 mil

Creci-PB - Fórum Sta Luzia

Em Bananeiras: Creci-PB participa de debate sobre instalação de Fórum de desenvolvimento urbano